Partilhar Artigo
16 Fev 2017

# Casa Acreditar no Porto já é uma Realidade

casa acreditar deborla - responsabiliade social

No Dia Internacional da Criança com Cancro, 15 de Fevereiro, a Acreditar inaugurou a sua Casa no Porto, e a DeBORLA, como um dos diversos mecenas deste projeto, recebida pelo Dr. José Carvalhinho, acompanhou com muita satisfação este momento de sonho, ambição e necessidade, agora tornado realidade.

Nas palavras do Dr. João Bragança, Presidente da Associação Acreditar “Há perguntas para as quais não há resposta” (…) “e nesta casa criamos um tempo e um espaço para, e onde acreditar (…) Não garantimos a cura mas asseguramos a esperança. É uma casa longe de casa
Num sincero “agradecimento à equipa de funcionários e voluntários” e ao IPO pela cedência do terreno, é possível agora inaugurar-se a terceira Casa Acreditar.

O Presidente do Conselho de Administração IPO-Porto, Dr. José Maria Laranja Pontes realçou acima de tudo o futuro, referindo e ansiando a satisfação de um balanço positivo dentro de sete anos, de todo o trabalho a ser desenvolvido nesta nova casa Acreditar, seguido pela intervenção da Dra. Fátima Gonçalves, da ARS Norte, que referiu o que esta nova casa representa como um “porto de abrigo numa fase difícil da vida destas crianças” salientando o exemplo do bem-querer da sociedade civil que contribui para esta causa.

A finalização do momento inaugural, coube ao Presidente da Câmara do Porto, Dr. Rui Moreira que sublinhou o excelente exemplo do envolvimento de todos com uma enorme satisfação, acima de tudo pelo seu testemunho como doente desta instituição há 20 anos, por si e pelo seu filho, com nobre destaque ao importante papel da Associação de Pais e Amigos das Crianças com Cancro. ”Quando nos sentimos mais sozinhos é bom sentir este abraço.”

O Jardim Escola Flori saudou a Casa Acreditar do Porto com diversas canções, entre as quais uma feliz interpretação de Boss AC “Tu és mais forte e no fim vais vencer. Acredita num novo amanhecer e vai correr bem, tu vais ver.

O trabalho da Acreditar iniciou-se há 23 anos, contando com o esforço, empenho e dedicação de colaboradores e voluntários em prol da cura e acompanhamento da doença oncológica, porque o cancro infantil é curável, é prioritário e tem forçosamente de ter o acompanhamento familiar como uma componente essencial do processo de cura. É com este propósito que surgem as Casas da Acreditar. Espaços de acolhimento de crianças com cancro, preparadas para acolher também as suas famílias no processo de tratamento.

Na visita guiada às instalações foi possível ver o importantíssimo contributo e dedicação de tantas empresas, personalidades e anónimos no conforto e excelentes condições conseguidas nesta nova casa que Acredita e que em Março vai receber a primeira família.

Para além da contribuição em diversos artigos que vão facilitar o dia-a-dia destes doentes e suas famílias, a DeBORLA registou no livro de honra a sua mensagem de grande esperança: “Que todas as crianças e famílias que entrarem nesta fantástica casa, saiam com a cura, Acreditando na vida.

Créditos fotográficos: Central DeBORLA e João Brochado da Cimbalino Filmes


2 comentários a “# Casa Acreditar no Porto já é uma Realidade”

  1. Rogerio ferreirs diz:

    O meu apreço pelo feito.
    Admiro e os meus parabéns também ao Deborla por contribuir para o bem.
    Que Deus sempre vos ajude

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

voltar

Artigos Relacionados

img
  • 19 Abr 2021

Sejam bem-vindos. De novo, hôma loja aberta para si!

Finalmente, reabrimos as nossas lojas! A partir de agora, já podemos receber a sua visita […]

img
  • 18 Mar 2021

Levante a sua encomenda em loja: compre online ou por telefone

A pensar na sua comodidade, já pode levantar a sua encomenda gratuitamente nas lojas hôma [...]
img
  • 26 Fev 2021

hôma god! Prolongamos os descontos até 15 de março!

Os descontos hôma god! vão ser prolongados até 15 de março em homa.pt e nas […]

img
  • 14 Jan 2021

Encerramento temporário das lojas físicas hôma

  Encerramos temporariamente as lojas físicas em Portugal continental a partir de 15 de janeiro […]